“Pelo direito de Ser Criança” é tema de caminhada infantil do Fé e Alegria

A caminhada pelo direito de Ser Criança faz faz parte das comemorações do 12 de outubro, Dia das Crianças.
Caminhada Pelo Direito de ser criança

Foto: Assessoria de Comunicação PAAM - BRA

A plenitude da infância é o que verdadeiramente deve ser celebrado todos os anos em comemoração ao Dia das Crianças. Nesse sentido, a Fundação Fé e Alegria do Amazonas realizou no último dia 10, em alusão a data, uma caminhada infantil pelas ruas da comunidade Grande Vitória, com o tema Pelo direito de ser criança” e lema Somos crianças e temos direitos”.  

A atividade teve como objetivo refletir e manifestar a importância dos direitos da criança e do adolescente para um pleno desenvolvimento com respeito as suas singularidades. 

Segundo a irmã Maria Cleide da Silva, coordenadora do Centro Social, “tais direitos devem ser garantidos à luz do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).  Logo, a relevância social dessa iniciativa é continuar problematizando esta pauta, pois as políticas públicas voltadas para esses sujeitos de direitos, especificadamente na comunidade Grande Vitória, precisam avançar como prioridades para os governos, estadual e municipal”, ressaltou a religiosa. 

A comunidade onde fica a sede do Centro Social Fé e Alegria no estado, está localizada no bairro São José Operário, zona leste, periferia de Manaus (AM).  De acordo com o último Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o bairro é o 6º mais populoso da capital. Também apresenta alto índice de violência urbana, vários casos de violência infantil e possui uma das maiores incidências de pobreza da cidade. Além disso, a própria comunidade Grande Vitória é uma das principais áreas mapeadas pela Defesa Civil como território de risco para desastres naturais. É dentro desse contexto que o Centro Social está inserido como espaço de educação e cultura e, atualmente, beneficia em seu projeto 110 crianças e adolescentes. 

A programação da atividade iniciou bem cedo, às 7h, com um lanche de café da manhã servido para as crianças na Instituição. Depois, às 7h30, com cartazes, estandartes, faixas, brinquedos e muita animação começou a caminhada com as palavras de ordem: Somos crianças e temos direitos!  

O ato recebeu apoio da Rede um Grito pela Vida, Pastoral da Criança, Escola Municipal Coronel Jorge Teixeira e Grupo de Idosos Vitória Alegre. Cada um dos apoiadores enfatizou a importância do momento e eles reafirmaram a proteção social das crianças a partir do ECA, reverberando na caminhada o direito de brincar, o direto à educação, à segurança alimentar, à saúde e outros direitos fundamentais à infância. 

As crianças foram as principais protagonistas da atividade, em pequenos pelotões realizaram apresentações de dança com reflexões sobre seus direitos, também trouxera objetos simbólicos próprios da idade e fizeram discursos de empoderamento infantil, principalmente àqueles relacionados às crianças com necessidades especiais de saúde. 

Representantes do Núcleo Apostólico Manaus também participaram do evento como convidados: Ticiana Dias do Serviço Amazônico de Ação, Reflexão e Educação Socioambiental (SARES), Miracélia Freitas do Escritório Administrativo da Associação Antônio Vieira (ASAV) e Ana Lúcia Farias do Escritório de Comunicação dos Jesuítas do Brasil na Preferência Apostólica Amazônia (PAAM – BRA). 

INFORMAÇÕES DE CONTATO

Felipe Moura

COMPARTILHAR

Notícias Relacionadas