Visão

A PAAM deseja ser vista com uma colaboradora da missão de Cristo na Amazônia: no cuidado e defesa dos direitos da natureza e de todos os povos, na sinodalidade e em colaboração com outras redes eclesiais e entidades. Além disso, ser reconhecida como um compromisso dos Jesuítas do Brasil com tudo o que representa a Amazônia.

O pontificado do Papa Francisco apresenta-se para nós, como sinal da ação do Espírito de Deus que interpela a Igreja e a sociedade. Seu magistério é um convite a que retomemos aquilo que é fundamental: pensar a Igreja em função da missão de Jesus Cristo, do Reinado de Deus, motivados pela alegria do Evangelho e de “ser uma igreja em saída”em uma verdadeira conversão pastoral.

Disse o Papa: “[…] Prefiro uma Igreja acidentada, ferida e elameada por ter saído pelas estradas, a uma Igreja enferma pelo fechamento e a comodidade de se agarrar às próprias seguranças. Não quero uma Igreja preocupada com ser o centro, e que acaba presa em um emaranhado de obsessões e procedimentos. Se alguma coisa nos deve santamente nos inquietar e preocupar a nossa consciência é que haja tantos irmãos nossos que vivem sem a força, a luz e a consolação da amizade com Jesus Cristo, sem uma comunidade de fé que os acolha, sem um horizonte de sentido e de vida. Mais, do que o temor de falhar, espero que nos mova o medo de nos encerrarmos nas estruturas que nos dão uma falsa proteção, nas normas que nos transformam em juízes implacáveis, nos hábitos que nos sentimos tranquilos, enquanto lá fora há uma multidão faminta e Jesus repete-nos sem cessar: “Dai-lhes vós mesmo de comer” (Mc 6, 37).

NEWSLETTER

NEWSLETTER

© Copyright Jesuítas Brasil – Preferência Apostólica Amazônia. Feito com por

NEWSLETTER

© Copyright Jesuítas Brasil – Preferência Apostólica Amazônia. Feito com por